Total de visualizações de página

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

CHARANGA DO CRUZEIRO

A charanga do Cruzeiro existiu nos anos 60 e 70 tendo seu fim no inicio dos anos 80. Felicio Brandi o então presidente do clube queria uma charanga para animar a torcida assim que o Mineirão surgisse. Convidou então o apresentador de um programa de auditorio com grande sucesso em Belo Horizonte: Aldair Pinto. No programa de Aldair passaram inumeros cantores que depois vieram a ser conhecidos em todo pais como Agnaldo Timoteo e Clara Nunes. Esta cruzeirense fanática passou a ser a madrinha do Cruzeiro. Pois então Aldair Pinto começou a formar sua charanga, levando musicos experientes e acostumados com o samba. Surgia assim a charanga do Cruzeiro ou do Aldai Pinto como ficou conhecida. A charanga tinha por costume entrar com seus integrantes em silencio, sem tocar nenhum instrumento . Somente depois que os cerca de 15 integrantes se posicionavam nos seus lugares e quando o maestro Aldair Pinto dava o sinal é que a musica começava. Quando ela começava parecia ter iniciado um ensaio de escola de samba. A charanga tocava ritmos caracteristicos que somente a torcida cruzeirense cantava.
Outra tradição da charanga era que seus musicos tocavam em cima de uma grande bandeira do Cruzeiro que ficava estendida na arquibancada. Aldair Pinto somente deixava seus musicos tocarem quando o Cruzeiro estava de posse da bola . Era um empurrão aos jogadores e ao time que sempre valorizou o toque de bola. Quando o adversario tomava a bola eles terminavam o ritmo tocado. As excessões eram quando tocavam musicas longas como o hino do clube.

Um comentário:

  1. Saudades desse tempo. A garganta do Aldair até inflava de tanto que ele gritava.

    ResponderExcluir